Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Ah, Fernando Pessoa…
2 notes
frasespoesiaseafins:

Tabacaria - Álvaro de Campos
anamorphosis-and-isolate:

Fernando Pessoa from The Book of Disquiet
niinohippie:

my favorite one <3
Dispensa qualquer comentário.

Tema do filme “Requiem for a dream” no violino, por Taylor Davis. O canal dessa guria é muito bom, ela toca os temas de vários animes, desenhos e filmes. Fiquei louca quando vi, porque eu gosto de quase todas as músicas, haha.


  -  24 March, 2014
credit